terça-feira, 10 de maio de 2011

Às voltas
A vida dá voltas,
Inesperadas
Esquecendo o que doeu
Conquistar.

Nestas voltas
O amor
Esquecido
Perdido...
No mais escuro
Que a vida tem

Assim concluo
O meu coração
Não pertence a ninguém.

1 comentário:

  1. Não pertence mesmo! É só teu, livre para fazer escolhas!
    Beijos

    ResponderEliminar